Seguidores

Trapalhada de Gilmar Mendes, Toffoli e Lewandowski para livrar Lula da cadeia poe não dar em nada. Moro não seria obrigado a transferir processos para Justiça de SP


Ao que tudo indica, a grande trapalhada dos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal para aliviar a barra de Lula na Lava Jato pode não dar em nada. A princípio, o juiz federal Sérgio Moro não é obrigado a transferir os processos pendentes de Lula na 13.ª Vara Federal em Curitiba para a Justiça de São Paulo.

A determinação do STF diz respeito apenas a trechos das delações de executivos da Odebrecht relativos ao caso do triplex do Guarujá, no qual Lula já foi efetivamente condenado, e relativos ao sítio em Atibaia, a negociação envolvendo um terreno de R$ 12 milhões para o Instituto Lula e esquemas de corrupção na Usina de Belo Monte.

Lula ainda é réu em dois processos nas mãos do juiz Sérgio Moro. Além da ação penal do triplex, cuja jurisdição já foi concluída, há ainda os processos do sítio em Atibaia e o recebimento de vantagens indevidas da Odebrecht, o que inclui o repasse dos R$ 12 milhões para o terreno do Instituto Lula e a cobertura vizinha ao apartamento de Lula em São Bernardo do Campo.

Procuradores da República afirmaram em petições ao juiz federal Sergio Moro nesta quarta-feira (25) que a decisão dos ministros da 2ª Turma do STF de tirar dele os relatos de delatores da Odebrecht sobre Lula pode gerar apenas um "lamentável tumulto processual", mas não impedirá o juiz responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância do Paraná.

"Apesar do lamentável tumulto processual gerado pela remessa de depoimentos a uma jurisdição diversa da definida nas vias ordinárias, ignorando realidade conhecida, a decisão majoritária da 2ª Turma do STF não tem qualquer repercussão sobre a competência desse douto juízo para promover e processar a presente ação penal", informaram os procuradores no texto.

"A decisão do STF evidentemente não impede que os mesmos colaboradores sejam ouvidos sobre fatos relevantes para instrução de outras investigações e ações penais, que tiveram e têm sua competência definida no âmbito dos canais próprios de decisão e revisão do Judiciário. Vários deles, aliás, já foram ouvidos na investigação que embala esta ação penal", afirmam os procuradores.

A defesa de Lula chegou a tirar um sarro do juiz Sérgio Moro nesta mesma quarta-feira. Os advogados do condenado pediram que os processos fossem remetidos imediatamente para a Justiça de São Paulo e questionaram Moro se ele iria 'desafiar uma determinação do STF'. Como ficou bem claro, os ministros da Segunda Turma do Supremo decidiram enviar apenas trechos dos depoimentos de delatores da Odebrecht, e não os processos de Lula, que continuam com Moro. Pelo visto, os petistas comemoraram prematuramente. De novo. 

Zequinha e Júlia Marinho poderão desaparecer da política paraense

Resultado de imagem para vice governador marinho com a sua esposa deputa julia marinho
"Sinto saudades de coisas que não fiz". (Autor desconhecido).

A situação política da família Marinho poderá ter o seu final melancólico na politica paraense.

O Zequinha Marinho com uma atuação pífia, nesses últimos 4 anos, como vice-governador, pouco fez pela sua terra natal, sua base eleitoral e nem nas demais cidades do Sul paraense.

A Júlia Marinho é outra que provavelmente terá seu último mandato como deputada federal, pois fez muito pouco pelo "Portal da Amazônia" mais conhecida como Conceição do Araguaia. A deputada Júlia Marinho ficou muito apagada como representante do Sul paraense. 

O vice-governador Zequinha Marinho, recentemente rompeu politicamente com o CACIQUE MOR do PSDB, o governador Simão Jatene. Comenta-se que a VELHA RAPOSA, após o rompimento com a RAPOSA VELHA, já teria colocado a máquina administrativa e financeira para atuar nas bases eleitorais da família Marinho com o intuito de quebrar as pernas do vice-governador que será pré-candidato a uma vaga ao Senado e, da sua apagada esposa, a deputada federal que votou contra os trabalhadores.
     

Você Sabia?

 Resultado de imagem para caixas eletronicos
Cada caixa eletrônico do Banco do Brasil suporta em média 2 mil cédulas. 



Lula não elegeu nem seu filho vereador em São Bernardo quando estava solto, vai eleger quem da prisão?


Quando estava solto, o ex-presidente Lula não conseguiu eleger nem o próprio filho, Marcos Cláudio Lula da Silva, como vereador em em São Bernardo do Campo, berço político do petista. Na verdade, o PT passou pelo maior vexame durante as eleições municipais em 2016. Mesmo com o empenho frenético de Lula nos palanques pelo Brasil, o PT só conseguiu eleger um prefeito de capital, em Rio Branco, no Acre. Mesmo assim,  Marcus Alexandre (PT-AC), a primeira-dama, Gicélia Viana, chegaram a ser presos durante a Operação Buracos, deflagrada pela Polícia Federal poucos meses após a eleição. O casal foi detido sob a acusação de desvios de R$ 700 milhões em recursos públicos.

Mesmo com Lula solto e rouco de tanto gritar nos palanques, o PT perdeu mais da metade das prefeituras conquistadas quatro anos antes. No Estado de São Paulo, o partido perdeu 72 dos 8 municípios que comandava, incluindo uma derrota histórica de Haddad na capital logo no primeiro turno.

Mas de longe, a derrota mais humilhante de Lula foi não conseguir eleger o próprio filho no ABC Paulista, mesmo com o controle da CUT, a enorme quantidade de operários na região e o fato de morar em São Bernardo do Campo desde os anos 70.  Com apenas 1.504 votos, Marcos Cláudio Lula da Silva amargou a 58ª colocação. Isto com Lula solto.
A romaria de políticos que estão tentando visitar o petista na prisão em busca de votos em suas bases eleitorais pode não adiantar de nada. Se solto, Lula já não possuía mais seu poder mágico de transferência de votos, preso, o petista não poderá fazer nada pelos desesperados que estão indo a Curitiba beijar seus pés. 

Banco Mundial e a nova escravidão

Imagem relacionada
Ryder: declínio dos salários reais e aumento da informalidade afetam a produtividade

Salários menores, regras trabalhistas flexíveis, demissões mais fáceis e quase sem custo. Estas são algumas das ideias levantadas por um rascunho do Relatório de Desenvolvimento Mundial, a principal publicação anual do Banco Mundial.

O documento será divulgado na primavera. Mas as propostas sobre emprego reveladas causaram revolta das entidades de trabalhadores. Ouvido pelo jornal britânico The Guardian, Peter Bakvis, representante em Washington da Confederação Sindical Internacional – a maior federação global de sindicatos – classificou as teses como retrógradas, nocivas e contraditórias com a agenda progres-sista do presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim.
Uma das propostas sustenta que as empresas não precisariam pagar um salário mínimo se adotarem sistemas de divisão de lucros com seus trabalhadores. Outra defende regras menos rígidas na contratação e na demissão.
“Pisos salariais elevados, restrições para contratar e demitir, contratos rígidos, tudo isto torna os trabalhadores mais caros em comparação com a tecnologia”, diz o rascunho do Relatório 2019. O alvo principal são os países em desenvolvimento, mas as recomendações afetariam todos os trabalhadores.


A flexibilização das leis trabalhistas não surtiu efeito na criação de empregos em nenhum país em que foi adotada. O Relatório do Desenvolvimento Mundial de 2013 chegou à conclusão que as regras do trabalho têm pouco ou nenhum impacto nos níveis de emprego. 


Ao Guardian, um porta-voz do Banco Mundial disse que o rascunho do documento objetiva levantar discussões e apresentar alternativas aos governos de como criar condições para os trabalhadores se beneficiarem de mudanças na tecnologia, na urbanização e outros fatores. 


Durante o encontro de primavera (do hemisfério Norte) do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial, o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, advertiu que os altos e crescentes níveis de desigualdade ameaçam o desenvolvimento sustentável. “A redução no crescimento da produtividade”, sustentou Ryder, “se deve em parte pelo declínio dos salários reais e aumento de empregos alternativos e informais”.

Saúde - Dormir tarde aumenta chance de morte prematura, aponta estudo

Resultado de imagem para dormir tarde
Pessoas que dormem tarde e têm dificuldades para acordar de manhã têm risco maior de morrer de forma prematura, segundo um estudo recente realizado por uma universidade em Chicago, nos Estados Unidos. A pesquisa, divulgada na publicação científica "Chronobiology International", analisou dados de 433 mil pessoas de 38 a 73 anos e concluiu que aquelas que se definem como "noturnas" têm 10% mais chances de sofrerem uma morte prematura do que aquelas que se definem como "noturnas" têm 10% mais chances de sofrerem uma morte prematura do que aquelas que se dizem "diurnas".

Além disso, quem acorda mais tarde tem uma tendência maior também de ter doenças físicas ou mentais, segundo o estudo ..

Para conduzir o estudo, os pesquisadores perguntaram inicialmente aos voluntários se eles eram uma pessoa "definitivamente diurna", "parcialmente diurna", "parcialmente noturna" ou "definitivamente noturna".

Em seguida, observaram a quantidade de mortes entre os participantes em um período de seis anos e meio. 

Depois de ajustarem detalhes sobre idade, gênero, raça, tabagismo, índice de massa corporal e classe econômica, os autores do estudo identificaram que a chance de uma morte prematura seria menor nas pessoas com hábitos "diurnos", com o risco aumentando entre cada tipo de relógio biológico.   

Cabrobó - As três lideranças políticas nada fizeram para gerar empregos e rendas nos últimos 14 anos

Resultado de imagem para cabrobo
Já dizia Oscar Wilde "O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem ou de uma nação".

Adoro falar sobre a minha linda e eterna Cabrobó, uma cidade que tinha tudo para ser a princesinha do sertão do São Francisco, como ter representantes do legislativo estadual, uma faculdade, uma educação de excelência, uma agricultura de deixar os israelenses e japoneses de boca aberta, entre outros, mas os últimos prefeitos que passaram pelo "TRONO SAGRADO", não foram capazes de dar uma guinada para alcançarmos as 'MURALHAS da CHINA' preferindo ficar no ostracismo, triste realidade.

Como diz Oscar Wilde "temos que está descontente" esse descontentamento tem que ser 24 horas com essas lideranças da minha linda e eterna Cabrobó. Enquanto essas lideranças continuarem mandando na minha linda e eterna Cabrobó, a cidade continuará na UTI, pasmem, com os aparelhos ligados.

Vamos relembrar um pouco da história política das 3 lideranças políticas que estão ainda, pasmem, em evidência e olho nas eleições de 2020.          

Resultado de imagem para eudes caldas
Eudes, o CACIQUE MOR, tem uma influência muito grande no meio político estadual, pois foi prefeito durante 8 anos e, indicou o médico Auricélio Torres para ser o prefeito no período de 2013 - 2016, e o atual prefeito Marcílio Cavalcante para o período de 2016 - 2020, onde ambos foram eleitos com a benção celestial, ops política do CACIQUE MOR. 

O CACIQUE MOR, teve tudo para colocar o nome dele na história de Cabrobó, mas preferiu abdicar e, não me pergunte porque.

Imagem relacionada
Auricélio Torres, o prefeito ELITE, sempre esteve em quase todas eleições em Cabrobó, conseguiu galgar o mais alto cargo do município para alimentar um ego vaidoso, se afastou do povão que o elegeu, fato esse que o deixou conhecido como impopular, fez uma administração boa se comparada com as duas de Eudes que tinha muito mais recursos, um exemplo: Eudes em 8 anos calçou 28 ruas, Auricélio calçou 35 ruas.

Resultado de imagem para marcilio cavalcante
Marcílio Cavalcante, o prefeito FABRICADO, tem pouca definição, é a desgraceira em forma de prefeito, sem visão, sem projetos e não ver a hora de entregar o cargo em janeiro de 2021, para sair desse TITANIC em que se meteu, ops em que criou, rsrs.

Em suma, nesses 14 anos, a minha linda e eterna Cabrobó só andou de lado, pois de frente nunca conseguiu, essas "lideranças" em nada acrescentaram o desenvolvimento econômico, social e cultural da minha linda e eterna. Cabrobó  

Música - She's My Girl, Morris Albert

 
"Quem não lembra da inocência do amor...
Com os olhos fechados e coração aberto. Sonhos doces de anos jovens... Ares frescos de um tempo feliz e eterno"...




Minuto Finanças - Só 16% dos brasileiros pouparam em fevereiro, o menor percentual em 15 meses


Resultado de imagem para poupança
Dados apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) aponta que na passagem de janeiro para fevereiro oscilou de 18% para 16% o percentual de consumidores brasileiros que conseguiram poupar parte da renda. Trata-se do percentual mais baixo da série histórica, que tem início em dezembro de 2016. Em fevereiro de 2018, a maioria (73%) dos consumidores não poupou qualquer quantia, enquanto 7% não souberam ou não quiserem responder. Em média, o valor poupado foi de R$ 498,81.
A dificuldade para poupar é baixa até mesmo entre os brasileiros de renda mais elevada. Considerando os consumidores que possuem rendimentos compatíveis às classes A e B, pouco mais de 1/3 (36%) conseguiu guardar dinheiro no mês de fevereiro. Nas classes C, D e E, o percentual de poupadores foi ainda menor, de apenas 11%.
Resultado de imagem para crise
- Ainda sob os efeitos da crise econômica, poucos brasileiros estão conseguindo formar uma poupança para imprevistos ou realizar um sonho de consumo. Além das dificuldades impostas pela crise, guardar dinheiro é um hábito pouco frequente do brasileiro, de modo geral e, nem sempre está relacionado ao tamanho da renda. Brasileiros que ganham menos têm menos margem para gerir o orçamento, mas pessoas com rendimentos altos, que não exercem um controle efetivo de seus gastos, também podem terminar o mês sem dinheiro - explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.
Quando indagados sobre o motivo de não terem poupado, 42% justificam ter uma baixa renda, o que torna mais difícil ter sobras nos rendimentos. Dois em cada 10 não poupadores (20%) afirmam ter enfrentado alguma situação de imprevisto e 18% disseram não ter renda no momento. Os que admitem ter perdido o controle do orçamento com gastos excessivos em fevereiro somam 11% da amostra.
Para a economista Marcela Kawauti, pensar na reserva financeira apenas como uma sobra do orçamento é um erro, pois a quantia deve ser guardada com disciplina.
- Os apelos ao consumo estão por toda a parte e, se não houver determinação, dificilmente vai sobrar dinheiro no final do mês. A recomendação é separar a reserva financeira assim que o salário entrar na conta, fazendo disso um compromisso mensal.
De forma geral, apenas 34% dos brasileiros têm o hábito regular de guardar dinheiro, sendo que somente 10% estipulam o valor a ser poupado e 24% guardam apenas o que sobra no fim do mês.
Outro dado é que quatro em cada 10 (41%) brasileiros que possuem reserva financeira tiveram de sacar ao menos parte desses recursos no último mês de fevereiro, sendo que para 13% houve a necessidade de lidar com imprevistos, 10% tiveram de pagar alguma dívida e 8% fizeram saques para comprar algo. Considerando os poupadores das classes C, D e E, 47% sacaram seus recursos guardados.

Radialistas Laércio de Castro e Demerval Moreno são denunciados ao Ministério Público do Pará


Uma Ação Popular foi protocolada na última quarta-feira, 18, no Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) em Parauapebas pedindo a abertura de processo contra os radialistas Demerval Moreno e Laércio de Castro, por um suposto esquema que já teria movimentado mais R$ 500 mil dos cofres públicos só em 2017. Laércio de Castro é assessor de comunicação da Prefeitura de Parauapebas e Demerval Moreno é dono da empresa Trilha, criada em 24 de janeiro de 2017.

Laércio, segundo a denúncia protocolada no MPPA, também teria participação na empresa, sendo um sócio oculto, ou seja, que não aparece no registro.  ‘Curiosamente’ Laércio foi nomeado Assessor de Comunicação da Prefeitura, comandando um orçamento milionário, e Demerval abriu a empresa Trilha, que tem uma Web Rádio, que é um canal de Internet que transmite música e áudios através de um aplicativo que é baixado de forma gratuita para celulares.

O mais ‘curioso’ é que a empresa foi criada no final de janeiro e já no mês seguinte começou a receber R$ 50 mil mensais da Ascom, comandada por Laércio de Castro, pela Web Rádio. De acordo com a denúncia, o dispositivo de comunicação virtual nunca prestou e nem presta qualquer serviço a comunidade para justificar receber esse valor mensal. “É uma rádio fantasma”, diz a denúncia protocolada no MPPA, observando que esse valor é superior ao que é pago a outros veículos de comunicação local de grande audiência.



Fonte - Dilzzannews 

Cenas na CAPITAL do DINHEIRO

A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre
Virou rotina ver animais soltos pelas Ruas, PA-160 e 275 na CAPITAL do DINHEIRO. De dia vemos claramente os animais passeando e, quando é a noite que é mais difícil vê-las, podendo causar acidentes gravíssimos.

Alô autoridades já está na hora de dar um basta nessa situação. 

Minuto Finanças - Dívida mundial bate recorde

Resultado de imagem para mundo
O planeta está 12% mais endividado do que em 2009 e uma nova recessão não é descartada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). A dívida global atingiu novo recorde em 2016, chegando a US$ 164 trilhões, o que equivale a 225% do PIB global. Houve aumento do crescimento da dívida pública e privada nos últimos dez anos, o que torna governos mais vulneráveis às mudanças repenti-nas no sistema financeiro.

Resultado de imagem para fmi
O relatório de estabilidade financeira do FMI alerta para a persistência da frouxidão monetária, que está elevando as vulnerabilidades no médio prazo. Na semana passada, o Fundo advertira que as emissões de bônus corporativos dispararam.

O endividamento vem crescendo desde o estouro da crise de 2007/2008 em razão da política de emissão de dinheiro a juros zero comandada pelo Federal Reserve (BC norte-americano) e depois seguida, com variações, pelo Banco Central Europeu.

Um ajuste repentino nas condições financeiras, adverte o FMI, vai colocar em perigo o crescimento até o ponto de detonar uma nova recessão. A mudança começou com a elevação dos juros nos Estados Unidos. Tobias Adrian, principal conselheiro financeiro do FMI, adverte que no cenário mais adverso é possível que se produza uma recessão em um prazo de três anos.

Resultado de imagem para brasil
Sobre o Brasil, o FMI estima que a dívida bruta chegue a 87,3% do PIB neste ano, 3,3 pontos percentuais mais que no ano passado. Para 2019, a projeção é que a dívida bruta supere os 90% do PIB. Países emergentes como o Brasil mostraram um alto nível de endividamento, comparado a outros países emergentes. O endividamento das economias destes países, como um todo, será de 49% em 2018, e 51,2% o ano que vem. Na América latina, este fator chegará a 61,8% este ano e há 66,4% em 2019.
 

O Brasil continua a ser um país pouquíssimo afeito a leitura

Resultado de imagem para livros 
Já dizia Carlos Drummond de Andrade"A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede". 

Pesquisa comprova que basta olhar em volta para perceber: a leitura não é uma atividade apreciada pelos brasileiros. 

Para se ter noção, uma pesquisa realizada com 61 países que leva em conta a quantidade de leitura e as condições favoráveis para a sua prática, a Escandinávia aparece na linha de frente e o Brasil na 43ª posição.

23% dos brasileiros declararam que não gostam de ler,

30% nunca compraram um livro,

44% leem menos de quatro livros por ano. 




Fontes - Instituto Pró-livro/Ibope e Universidade Estadual Center Connecticut

Paul Singer, fundador do PT, morre em SP


Um dos fundadores do PT, o economista Paul Singer morreu ontem à noite, aos 86 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.
Paul Singer nasceu em 1932 na Áustria e chegou ao Brasil em 1940, fugindo da perseguição aos judeus no Continente Europeu.
Formado em Economia e com Doutorado em Sociologia na Universidade de São Paulo (USP), onde foi ainda professor titular deEeconomia, Singer ocupou o cargo de secretário de Planejamento na gestão de Luiza Erundina, eleita prefeita pelo PT entre 1989 e 1992. Atuou nos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-presidente Dilma Roussef. Ele era um defensor da economia solidária como alternativa à exclusão social.
Paul Singer também foi um dos fundadores do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) e da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares na USP. De 2003 a 2106, foi secretário nacional de Economia Solidária.
O velório será no Cemitério Israelita do Butantã, e o enterro está previsto para a tarde.

Agência Brasil

Garoto com autismo constrói réplica do Titanic com 56 mil peças de Lego

Brynjar em uma das exibições de sua réplica do Titanic (Foto: Arquivo Pessoal)
Um garoto que tem o transtorno do espectro autista (TEA) construiu uma réplica do navio Titanic que foi considerada o maior exemplar do tipo feito com peças de Lego. De acordo com o Titanic Pigeon Forge, museu nos EUA dedicado ao navio, o trabalho de Brynjar Karl Birgisson mede quase 8 metros de comprimento por 1,5 metro de altura, e é o maior do tipo conhecido no mundo.

Réplica do Titanic está exposta em museu nos EUA: adolescente com autismo diz que processo de construção do navio ajudou nos relacionamentos e na escola. (Foto: Divulgação/TitanicPigeonForge.com)Réplica do Titanic está exposta em museu nos EUA: adolescente com autismo diz que processo de construção do navio ajudou nos relacionamentos e na escola. (Foto: Divulgação/TitanicPigeonForge.com) 

O resultado do trabalho estará em exibição no museu, localizado no Tennessee, a partir do dia 21. Mas toda a construção foi feita em um "estaleiro" bem distante dos EUA, já que Birgisson vive na cidade de Reykjavík, capital da Islândia. Quando começou o projeto, ele tinha 10 anos e demorou 11 meses para concluir o trabalho. Atualmente o adolescente tem 15 anos e conta que a decisão de construir a réplica mudou sua vida e a sua relação com o transtorno. 


"Nunca imaginei que meu projeto pudesse ter tanto impacto. (...) Toda essa jornada me ajudou a sair da sombra do autismo. Eu continuo com autismo e vou continuar, mas eu me treinei para ser 'o mais normal possível', isso quer dizer que eu era totalmente incapaz de me comunicar quando comecei o projeto e agora eu me sento e consigo dar entrevistas."

Popular Posts