Seguidores

saúde - O álcool com moderação faz bem à saúde?

A ingestão do álcool com moderação faz bem à saúde?

Existem bebidas alcoólicas que fazem bem ao coração, como é o caso do vinho tinto. Diversas pesquisas já comprovaram isso. Uma delas, feita pela Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, mostrou que o polifenol resveratrol, substância encontrada nas cascas e sementes de uvas, é capaz de frear mudanças no funcionamento do coração que acontecem com a idade. 


Segundo  nutricionistas do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, o vinho contém mais de 200 tipos de polifenóis, que exercem função altamente antioxidante. "O álcool funciona como um solvente extrator dessas substâncias". 

Outros dois estudos realizados pela Universidade de Ulm, na Alemanha,  no início de julho, sugerem que o resveratrol afeta a biologia celular de gordura.

Mas e a famosa cervejinha? Aquela que os brasileiros adoram tomar no fim do dia durante o happy hour? Pois é, ela também traz alguns benefícios como ter menor probabilidade de desenvolver a pressão arterial alta, um fator de risco para o ataque cardíaco,funciona também condicionador de cabelo natural,e mais a bebida conta com flavonóides, agentes que combatem os radicais livres e o ácido fólico, que previne o aparecimento de tumores e anemia. Mas como o álcool dificulta a absorção dos elementos, convém não exagerar.
Aliás, exagero é a palavra que não combina com bebida alcoólica. O etanol é depressor do sistema nervoso, o que compromete os reflexos e a respiração. Além disso, quando cai na corrente sanguínea, se torna extremamente tóxico para o corpo. 

A dose de cerveja máxima para homens é de até três latas; para mulheres, duas no máximo. O corpo feminino produz álcool-desidrogenase, a principal enzima na decomposição do etanol, em menor escala. Por isso, a embriaguez nelas costuma acontecer mais rapidamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts